Fórmula 1

É dada a largada para a temporada 2019

O Grande Prêmio da Austrália, realizado na cidade de Melbourne, marca o início da temporada de 2019 da Fórmula 1, que começa neste domingo, dia 17 de março. Aproveite essa chance e dê seu palpite nas 11 opções de apostas do mercado de Fórmula 1 disponíveis no NetBet Sport. Confira a seguir os detalhes desse circuito tão aguardado.

Pilotos estreantes e mudanças de equipe

A temporada de 2019 da Fórmula 1 estreia com novidades que variam desde a experiência dos pilotos até mudanças nos carros e nas regras. As trocas de equipe também merecem atenção: Charles Leclerc saiu da Sauber e foi para a Ferrari, enquanto Daniel Ricciardo saiu da Red Bull e foi para a Renault. Daniil Kvyat volta ao campeonato pela Toro Rosso, assim como Robert Kubica (Williams) e Kimi Raikkonen (Alfa Romeo). Lance Stroll saiu da Williams e foi para a Force India e, por fim, Carlos Sainz saiu da Renault e foi para a MacLaren.

A temporada deste ano também conta com quatro pilotos estreantes. Um deles é o italiano Antonio Giovinazzi, ex-piloto de testes da Ferrari. Vale lembrar que a Itália estava fora da categoria desde 2011 com a saída de Vitantonio Liuzzi e Jarno Trulli. Os outros pilotos estreantes são os três primeiros colocados no campeonato de Fórmula 2 de 2018: o britânico George Russel, campeão da categoria, que corre pela Williams; Lando Norris, também britânico, que corre pela McLaren; e Alexander Albon, britânico de origem tailandesa que corre pela Red Bull.

Novidades nos carros e regras

Duas equipes mudaram de nome: a Force India virou Racing Point e a Sauber virou Alfa Romeo. Já a aerodinâmica dos carros passou por uma alteração que favorece a velocidade: as asas dianteiras estão maiores, deixando o ar menos turbulento para facilitar as ultrapassagens dos carros, enquanto as asas traseiras ficaram mais altas e largas, aumentando sua eficiência em 25%.

A quantidade de combustível permitido foi aumentada para que os carros forcem mais ao longo da corrida. E será dado um ponto para o piloto que fizer a volta mais rápida, desde que termine a corrida entre os 10 primeiros colocados.

Já o peso dos pilotos será igualado a 80 kg, acabando de vez com a desvantagem que os mais altos tinham. Quem estiver pesando menos terá lastros instalados nos carros para completar a pesagem. Hamilton, por exemplo, pesa 74 kg e não vai mais precisar pular refeições para ficar dentro do antigo peso-médio de 70 kg, comum entre os pilotos.

Cadê o Brasil?

Sim, mais um ano sem o Brasil na Fórmula 1! Ano passado foi a primeira vez desde 1969 que o país ficou de fora da competição, mas nem por isso a emoção e a torcida diminuíram. Não perca a empolgação, pois a Fórmula 1 continua sendo paixão nacional e você pode se divertir fazendo suas apostas esportivas agora mesmo!

Para animar o coração dos brasileiros, fique ligado, porque Sergio Sette Camara, da McLaren, e Pietro Fittipaldi, da Haas, estão chegando com tudo para fazer parte da competição. Sette Camara corre na Formula 2 e promete atingir a pontuação necessária para se classificar para a Fórmula 1 do ano que vem. Já Fittipaldi é o piloto de testes da Haas e pretende participar de treinos livres para conseguir a superlicença. É aguardar para ver e torcer para ganhar suas apostas!

Luís Fernando

Tradutor e editor de conteúdo da NetBet